Mystical Tales Shard

O Continente: Ninguém sabe exatamente a história do continente atual, o primeiro e único povo com registros locais são os Orcs, inicialmente nomades e exploradores porém péssimos em registrar a história, portanto a maior fonte de conhecimento e lendas locais vem da exploração e da cultura orc, porém essa cultura nunca foi algo procurado por humanos ou elfos.

O Continente ainda não foi explorado como deveria, há relatos de ruínas e cavernas, porém pouco realmente se sabe sobre esse local, abandonaram o acampamento onde haviam capturado os Orcs após a fuga dos mesmos, os humanos e elfos se juntaram em uma pequena Vila apelidada X próxima ao porto onde desembarcaram, a Vila ainda não possuí um líder e nenhuma organização aparente, se tiverem sorte haverá uma fogueira quente antes do inverno.

Os Drows e Orcs estão se empenhando na construção de uma moradia, os Drows como um povo escravista descobriram que os Orcs funcionam como escravos sem grilhões e chicotadas, e os Orcs defendem a necessidade de colocar um teto sob a cabeça dos elfos pretos que se queimam no sol.

Além das duas cidades, ambos os povos buscam explorar não apenas o território dessa nova ilha ainda de tamanho desconhecido, os primeiros exploradores tanto dos Humanos quanto dos Drows identificaram a presença de minérios raros e até mesmo a possibilidade de descoberta de novos materiais, mal eles sabem que dividem a mesma mina…

A realidade dos povos mudou muito, e começou a mudar ainda no continente de Volund, confira abaixo:

Humanos: Com o período de paz em Volund os humanos prosperaram e logo as famílias reais fizeram o mesmo, com a libertinagem liberada graças aos exemplos da família real Belsanita a nobreza de Volund aumentou de volume de forma monstruosa, chegando ao ponto de 1/3 da população humana se dizer de origem nobre de algum local, cinco famílias em especial se destacam nessa nobreza, sem nenhuma inimizade aparente.
Os humanos descobriram no novo continente uma grande quantidade de minérios e de novas terras para explorar, portanto muitos dessa pseudo nobreza se mudaram com a idéia de crescer na vida ou até mesmo de conseguir criar um reino próprio na nova colonia.
Para os humanos todos os povos não humanos são trabalhadores braçais, escravos, bardos e serviçais de todos os tipos, sendo muito comum um nobre humano possuir um elfo de estimação como criados.

Elfos: Os elfos nos ultimos X(Ainda estamos decidindo quanto tempo exatamente se passou) anos viveram praticamente espalhados por Volund, proibidos em Bel-Luna, proibidos em Nova Luya e somente podendo viver nos arredores de Belsand (Sem acesso ao centro), os elfos viraram um povo mais selvagem e ligado a natureza, perderam muitas noções de civilização e nobreza elfica e hoje são tomados por selvageria e sentimentos de vingança.
Foram para o novo continente ao saberem da dominação Drow, consideram que a infestação Drow é o motivo da má sorte do povo Elfico e estão determinados a derrota-los, mesmo que isso signifique obediencia aos humanos enquanto necessários na aliança.

_________________________________________________ ____________________________

NOTA: Nenhum povo possuí líder, não há orgão regulador NPC (ao menos NA ILHA) para nenhum dos dois lados e a staff não possuí a minima intenção de controlar isso, como podem ver não há especificamente um inimigo NPC, podemos surgir com dificuldades, pequenas tribos e até mesmo alguns inimigos, porém a intenção é que sejam pontuais e finitos pois o objetivo da fase é o confronto entre as cidades players, sendo que ambas possuem dificil acesso e localização, o paradeiro de cada cidade é desconhecido para o outro povo e a distancia é suficiente.

Sponsors