Mystical Tales Shard

O Fim da Guerra – Texto de 400 Anos atrás

Bandeiras se estendem no ar, o que outrora fora belos brasões decorados dos reinos humanos, agora restavam apenas brasões de cor pálida e alguns até mesmo manchados de sangue com várias marcas de batalha, levantam ao ar seguido pelos gritos dos vencedores de uma dura e longa batalha. Pessoas gritavam o nome de seus reis enquanto outros praguejavam correndo por entre os corpos e disputavam com os corvos buscando algo de valor.

Mas para nós, para nós… Esse era o dia de um novo começo, após anos de conflito, ter perdido nossas terras, finalmente os moravianos foram derrotados. Volund pararia por 3 dias e 3 noites a fim de comemorar o fim do conflito e a vitória que traríamos para casa! Era o inicio de um novo festival que seria comemorado pelos próximos anos.

Orgulhosos, todos nos reunimos, humanos, orcs e elfos, juntos, retornamos ao lar que nos acolheu, o grande reino de Belsand. Tínhamos 3 dias para descansar da dura batalha, muita comida, jovens mulheres e bardos foram trazidos a belsand.
Mas o tempo do festival foi se passando e nossos irmãos ficavam cada vez mais inquietos à luz desta vitória. Afinal, com os moravianos mortos, não havia nada que nos impedisse de reclamar nossas terras! Algo que é nosso e de ninguém mais!

Aos poucos os sussurros se tornaram em boatos de grupos de eldas se preparando para viajar à Eldanore para viver longe dos humanos e orcs, um lugar somente nosso onde poderíamos reerguer nossa raça que até a pouco estava fadada ao declínio. Sem os Moravianos, temos a chance de reerguer nossa cidade e recuperar nosso orgulho. E qual lugar seria melhor que a cidade sagrada de nossos ancestrais?

Então, no fim do segundo amanhecer, os humanos começaram a se organizar aos poucos e se prepararem para a reconstrução da bela cidade que uma vez fora Belsand, a cidade precisava de muitos reparos e havia poucas mãos para tal trabalho. Muitos já começavam a se juntar a eles e os orcs foram bem aceitos pois pra trabalho braçal valiam bem mais que 10 humanos juntos

Nós precisávamos revindicar o que uma vez fora nosso, então decidimos que teria que ser agora antes que começassem a reconstrução da cidade humana, pois ficaríamos presos ajudando na construção se esperássemos demais e só os deuses sabem quanto tempo iria levar ou se Eldanore ainda existiria quando terminassem a reconstrução…

A viagem foi longa e ardúa, apesar de não termos de nos preocupar com os moravianos, ainda havia muitos perigos pelas florestas e como não eramos muitos, o nosso avanço levou um tempo muito maior que o esperado… Algo que deveria levar no máximo 1 dia acabou nos tomando 2 semanas.

No caminho encontramos mais bandidos do que jamais vi em toda minha vida! Agora com os moravianos fora do mapa, havia todo tipo de gente andando pelas estradas e se espreitando pelas florestas… em 4 horas de viagem já havíamos perdido quase todo nosso suprimento nos obrigando a parar para caçar comida e buscar agua pois havíamos perdido uma boa parte delas pra animais enquanto nos distraiamos lutando com alguns saqueadores, muita de nossa agua fora perdida por flechas que por sorte não acertaram nossas cabeças quando acampávamos depois de uma longa noite de caça e isso tirando a parte em que tivemos de buscar um grupo de eldas que caíram de um despenhadeiro e foram caçados por animais tornando ainda mais difícil nossa busca.

e então finalmente chegamos! Podíamos ver a ponte ao longe! Os muros estavam precários, talvez devido ao tempo sem manutenção mas ainda estavam de pé! Estava ali nossa bela cidade! Eldanore!

Mas os deuses não olhavam por nós neste dia… Algo estava fora de lugar… Não se via as grandes torres, nossa arvore sagrada e nem mesmo a torre do conselho… Talvez só precisássemos nos aproximar mais para encontrá-los?

Sponsors